BRINCADEIRAS CANTADAS

HISTÓRIA DA SERPENTE

Esta é a história da serpente que desceu do morro para procurar um pedaço de seu rabo, você também você também é um pedacinho de seu rabão. Obs: repetir a canção formando o rabo da serpente. Crianças segurando-se pela cintura.

A CARROCINHA

 A carrocinha pegou

Três cachorros de uma vez

Trala la  la que gente é essa

Tra la la que gente má.

PATINHOS

Dois patinhos na lagoa

Começaram a nadar

Quando viram a minhoca

Começaram a puxar: puxa pra cá

Puxa pra lá,cuidado que a minhoca vai arrebentar( 2x)

Arrebentou!

JOÃO VALENTÃO

João Valentão

Pegou o seu carrão

Entrou na contra mão

Pechou num caminhão

Que baita confusão!

A LAGARTIXA

Fui morar numa casinha nhá

Infestada  da

De cupim pim

Saiu de lá lá lá

Uma lagartixa xá xá

Olhou pra mim

Olhou pra mim

E fez assim…

( fazer uma careta)

BORBOLETINHA

Borboletinha  ta na cozinha

Fazendo chocolate para madrinha

Goti goti perna de pau

Olho de vidro nariz de pica-pau pau pau

DONA ARANHA

A dona aranha subiu pela parede

Venho a chuva forte e a derrubou

Já passou a chuva o sol já ta surgindo e a dona aranha continua a subir

Ela é teimosa e desobediente

Sobe, sobe nunca tá doente

 O SAPO

O sapo não lava o pé

Não lava porque não quer

Ela mora lá na lagoa

Não lava o pé porque não quer

Mas que chulé!!!!!!!

O sapo não lava o dedo

Não lava porque tem medo

Ela mora lá na lagoa

Não lava o dedo porque tem medo

Mas que dedo!!!!!!!

O sapo não lava a mão

Não lava porque não tem sabão

Ela mora lá na lagoa

Não lava a mão  porque não tem sabão

Mas que mão!!!!!!!

EU VI UM SAPO

Eu vi um sapo , na beira do rio

De camisa verde louco de frio

Não era sapo, nem perereca

Era o …………. só de cueca( calcinha)

 FRUTAS E VERDURAS

Frutas e verduras

Pra que? Para poder crescer

Quem come bala, estraga o dente

Refri,salgadinho]

Deixa a barriga doente.

 O PINTINHO

O pintinho subiu subiu

Subiu no telhado escorregou

Dona galinha ficou zangada

Pegou o pintinho deu umas palmadas

OLÁ MEU XARÁ

Olha meu xará!

Como vai, tudo bem?

A família vai bem?

E a minha também.

Como é bom a gente se encontrar.

COELHINHO SAIU DA TOCA

Coelhinho saiu da toca

Correu pelo caminho

Comendo uma cenourinha

E abanando o rabinho

 JACARÉ

Eu conheço um jacaré, que gosta de comer

Esconde a tua…………. se não o jacaré

Como a tua …….

E o dedão do pé.

SEU LOBATO

Seu Lobato tinha um sítio ia ia ô

E lá no sítio tinha um …….. ia ia ô

Era …pra cá

Era….lá

Era …..pra todo lado ia ia ô

 BRUXINHA

Fui morar num castelinho nho

Infestado do de morceguinho nho

Saiu de lá lá lá uma bruxinha nhá

Olhou para mim

Olhou para mim e fez assim

Há há há!

XAMPU

Fui buscar o meu xampu pu pu

Na minha casa sa sa

No meu banheiro r oro

Quando eu vi vi vi

Escorreguei guei guei

E quebrei e quebrei o meu nariz. AH!

 INDIOZINHO

Fui morar numa tendinha nhá nhá

Infestada da

De peninha nhá nhá

Saiu de lá lá lá

Um indiozinho nho nho

Olhou para mim

Olhou para mim

E fez assim

Uuuuuuuuuuu

 A PULGA

Mexe remexe procuro mas não vejo

Uma pulga fazendo cócegas

Aqui no meu cabelo

Mexe remexe procuro mas não vejo

Uma pulga fazendo cócegas

Aqui no cotovelo

Mexe remexe procuro mas não vejo

Uma pulga fazendo cócegas

Aqui no meu joelho

Mexe remexe procuro mas não vejo

Uma pulga fazendo cócegas

Aqui no tornozelo

Mexe remexe procuro mas não vejo

Uma pulga fazendo cócegas

Aqui no meu pandeiro

TIGRÃO

Tigrão é bonitinho e é asseadinho

Lava a barriguinha com água e sabão

Penteia o cabelinho

Com pente bem limpinho

Depois vai para cama e põem-se a dormir

TIGRÂO

AS CAVEIRAS

Quando o relógio bate a  uma

Todas as caveiras se arrumam

Quando o relógio bate as duas

Todas as caveiras saem  a rua

Quando o relógio bate as tres

Todas as caveiras falam de uma vez

Quando o relógio bate as quatro

Todas as caveiras tiram retrato

Quando o relógio bate as cinco

Todas as caveiras apertam o cinto

Quando o relógio bate as seis

Todas as caveiras falam chinês

Quando o relógio bate as sete

Todas as caveiras afiam canivete

Quando o relógio bate as oito

Todas as caveiras come biscoitos

Quando o relógio bate as  nove

Todas as caveiras pensam que chove

Quando o relógio bate as  dez

Todas as caveiras correm de uma vez

About these ads

Sobre escolinhaeraumavez

professora educação infantil pedagoga empresarial
Esse post foi publicado em Brincadeiras. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s